Como montar uma confeitaria? Veja as partes essenciais do processo

Como montar uma confeitaria? Veja as partes essenciais do processo

Como montar uma confeitaria? Esta questão certamente já passou pela cabeça de muitos empreendedores. O dom de confeitar e produzir os melhores bolos, doces e recheios é o pontapé para abrir um negócio.

Mas também importante ter noção de mercado, boa administração das finanças e ter bons parceiros. Afinal, todo o processo para manter o ritmo de vendas e atender às demandas dos clientes requer agilidade, concorda? 

Então, caneta e papel na mão e atenção para as nossas orientações!

Quem você deseja atender?

Antes de abrir um negócio, é preciso ter em mente o público que você deseja atender. São outros estabelecimentos comerciais? São pessoas comuns do seu bairro? Você pretende trabalhar com aniversários, casamentos, etc?

Todas essas questões vão direcionar o seu empreendimento. Dependendo da força com que você chega ao mercado, pode não ser capaz de atender a todos os públicos. 

Além disso, é fundamental ter noção da sua capacidade de produção. Um dos erros mais frequentes entre pequenos empreendedores é a falta com os prazos de entrega. 

Bom, mas independente da sua escala de produção, algumas dicas a seguir são regras preciosas, que precisam ser seguidas para ter um negócio de sucesso.

Não deixe de conferir também:

Tipos de ovos: qual a diferença do premium para o tradicional?

Ovos pasteurizados: para que servem e por que vendê-los?

Pesquise muito sobre o mercado 

Por mais que você tenha uma equipe qualificada e capacitada para produzir, você precisa estar sempre de olho no mercado. Atente-se para os seguintes pontos:

  • Concorrência na sua região;
  • Inovação nos serviços;
  • Atendimento ao público;
  • Investimento em maquinários;;
  • Variação no preço dos insumos;
  • Oscilação no setor de confeitaria;
  • Fornecimento de produtos para o seu negócio.

Os pontos acima precisam de acompanhamento de perto, uma vez que estão relacionados ao sucesso do seu negócio. Afinal, uma empresa não sobrevive nos tempos modernos se não estiver preparada para lidar com as inovações do mercado. 

Por meio dessas observações, você pode identificar onde precisa ter mais atenção e cuidado ao abrir uma confeitaria.

Foque na qualidade dos produtos

Um bolo lindo e gostoso é resultado, claro, da qualidade dos produtos que compõem a receita. Não adianta entregar ao cliente a quantidade encomendada se a qualidade não corresponder às expectativas do paladar mais exigente. 

Mas isso isso vai muito além de um árduo processo de fabricação. Por isso, foque primeiramente na qualidade dos seus ingredientes. 

Do ovo que faz parte da receita ao material da embalagem. Tudo isso irá influenciar na preferência do público pelo seu produto. 

Tenha excelentes fornecedores

Não adianta se preocupar com a sua própria capacidade de produção se os insumos necessários demoram a chegar no seu estabelecimento. Isso pode comprometer a sua entrega ao cliente, assim como perder vendas e contratos. 

Para evitar esse problema, nada melhor do que contar com bons fornecedores, concorda? Seus produtos devem chegar frescos e com a qualidade necessária para entregar aos seus clientes um excelente produto.

Na hora de buscar parcerias, verifique a reputação da empresa no mercado, busque comprovação da procedência dos produtos e, claro, saiba se o fornecedor poderá atender você em tempo hábil. 

Faça um planejamento financeiro

Tenha em mente que, para manter o ritmo de produção adequado ao tamanho do seu empreendimento, é preciso planejar. Principalmente se a sua tendência é crescer e se tornar referência no segmento. 

Todo o investimento em materiais, insumos, estrutura, entre outros, precisa estar de acordo com a sua capacidade. Ao montar uma confeitaria, também é preciso planejar o pagamento de funcionários, contas de energia, água, internet, etc. 

Um dica interessante é procurar um escritório de contabilidade. Assim, você conseguirá planejar bem suas estratégias sem correr riscos consideráveis. 

Tenha uma reserva de capital

Além do valor para o investimento na abertura do seu negócio, é preciso guardar uma reserva. Ela servirá para emergências, para pagamentos extras, investimentos fora do seu plano, entre outros. 

Ademais, ter uma reserva de capital pode ajudar a equilibrar as contas caso a sua confeitaria não obtenha os resultados esperados. E poderá servir para adequações no seu plano de ação. 

Como abrir uma confeitaria?

Se as nossas dicas esclareceram suas dúvidas, é motivo para comemorar. Agora, é só partir para a prática, tendo em mente que os desafios serão muitos, mas com os cuidados certos, você poderá investir na sua sonhada confeitaria. No nosso blog, você encontra mais assuntos importantes para quem trabalha com produção de alimentos. Que tal conferir? Leia também: Validade do ovo: qual a maneira correta de conservar ovos?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *