Ovo inteiro ou clara: o que é melhor para ganhar músculos?

Será que é melhor ingerir apenas a clara ou o ovo inteiro para quem está focando na hipertrofia?

O ovo inteiro serve a mesa de muitas pessoas que fazem musculação e querem uma vida mais saudável. Isso porque o valor nutricional do alimento é bem alto e complementa bastante diversas dietas.

Mas com o seu consumo, vem a dúvida: como é melhor consumi-lo para ter um desenvolvimento muscular mais rápido e consistente? O que se deve consumir, a clara ou o ovo inteiro?

Deve-se comer o ovo antes ou depois do treino? Enfim, muitas são as dúvidas a serem respondidas sobre esse alimento. Sendo assim, leia este conteúdo e saiba mais sobre o assunto.

O que é melhor para crescimento do músculo: ovo inteiro ou a clara?

Quando se fala de hipertrofia, muitas pessoas ainda ficam na dúvida de qual é a melhor maneira de comer o ovo, se é ele inteiro ou partes separadas.

Se esta é também a sua dúvida, saiba que se você busca uma hipertrofia de modo natural, a melhor forma de fazer isso é consumindo o ovo inteiro.

Isso porque descartar a gema, além de estar desperdiçando dinheiro, desperdiça também a maior fonte de benefício do alimento.

O valor nutricional de uma clara, é de 3.6g de proteína, contendo somente 17 calorias e nenhuma gordura. A gema também é rica em colesterol, mas também de diversos outros nutrientes importantes.

Dentro da gema, pode-se encontrar ômega-3 em forma de DHA, que é o mesmo tipo de gordura saudável que se pode achar nos peixes. Esse elemento possui vários benefícios, como:

  • Melhorar comunicação com as células;
  • Bom para o cérebro;
  • Bom para os olhos;
  • Funciona bem no controle de gorduras no sangue.

Grande parte das pessoas possuem uma certa deficiência de ômega-3 em sua dieta, o que pode gerar danos diretos em suas articulações, gerar perda de massa muscular e várias outras questões.

Dentro de uma gema de tamanho normal, pode-se encontrar 18mg de DHA. Ovos enriquecidos podem chegar a ter até 150 mg. Outro nutriente importante é a lecitina.

Ela faz com que a membrana da célula melhore sua dinâmica por conta de ter um controle sobre aquilo que entra e sai do seu corpo.

Além disso, acabam sendo bastante úteis no controle de gordura e também colesterol, fazendo com que seu sistema gastrointestinal também funcione melhor.

Consumo de ovo no ganho de massa muscular

Talvez comer o ovo inteiro seja tão eficiente quanto apenas a clara, se seu foco for hipertrofia

Numa alimentação pós-treino, é comum notar a prática de muitas pessoas consumirem somente a clara do ovo. Isso acontece por conta da intenção das pessoas de diminuírem a gordura e ficar somente com a proteína.

No entanto, se o foco é a hipertrofia, você pode fazer a ingestão tanto da clara, quanto da gema!!  Em um estudo feito para saber mais sobre o consumo do ovo e seus efeitos no ganho de massa, analisou jovens saudáveis e treinados.

Neste treino, os jovens faziam 4 séries de 10 repetições. Depois de um dos treinos, eles comiam apenas a clara do ovo. Já em outro treino, eles comiam 3 ovos com gema.

Durante essa pesquisa, os profissionais puderam observar que a caloria presente na gema não prejudicou em nada o corpo a absorver aminoácidos.

Ao se referir a síntese proteica, os pesquisadores puderam verificar que o grupo que comeu gema, teve um resultado maior em suas medidas, dentro de um período de 2 a 5 horas de exercício.

Sendo assim, pode-se perceber que ingerir o ovo inteiro no pós-treino, resultou em um estímulo maior na síntese proteica do que comparado àqueles que só comeram a clara.

Então, se você fazia o consumo do ovo no pré-treino e comia somente a clara, opte por fazer o consumo do alimento por inteiro e ingeri-lo somente depois que você treinar.

Isso fará com que sua massa muscular aumente por conta de sua dieta. Resultando em mais músculos e menos gordura.

Benefícios dos ovos para a saúde

O consumo de uma alimentação saudável para quem faz exercícios na academia é muito importante para que se possa manter a forma do corpo e alcançar os seus objetivos.

No entanto, muitas pessoas que fazem exercícios por conta própria, principalmente musculação, aeróbicos e anaeróbicos, seguem uma dieta por conta própria.

Isso significa que muitas informações importantes acerca da alimentação, podem acabar se perdendo por não saber então as propriedades de alguns alimentos.

O ovo é um exemplo muito claro disso por conta do descarte que a maioria das pessoas acabam fazendo, sendo que ele acaba ajudando na hipertrofia do músculo. Um ovo possui:

  • Zinco;
  • Fósforo;
  • Potássio;
  • Manganês;
  • Selênio;
  • Ferro;
  • Cálcio;
  • Ácido fólico
  • Leucina
  • Vitamina B6.

Você pode perceber que este é um alimento rico em minerais e aminoácidos que faz muita diferença dentro de uma dieta.

Portanto, comer esse tipo de alimento inteiro fará com que você aumente o consumo de boas propriedades para si. A clara do ovo possui ainda uma substância chamada albumina.

Ela é uma proteína de lenta absorção e é muito recomendada para quem busca por hipertrofia pois isso acaba ajudando na parte de construção de músculos.

Especialistas recomendam que uma pessoa possa comer até mais de três ovos ao dia. Mas o recomendado é que essa pessoa passe antes, por um profissional médico apto a indicar esse tipo de coisa.

Os ovos também são livres de carboidrato, sendo assim, uma pessoa pode consumi-lo sem culpa para ganhar massa e também emagrecer.

Há muitos benefícios no consumo de ovos inteiros pós-treino, como podemos ver então. Em pequenos gramas, pode-se notar uma boa quantidade de nutrientes que ajudam o corpo na hipertrofia.

 

Conclusão

 

Vimos então um pouco sobre as propriedades que um ovo inteiro possui e quais são seus benefícios durante o treino para hipertrofia.

É muito importante que quem faz a montagem de um cardápio com um certo objetivo, tente montar com os alimentos que fazem mais sentido com aquilo que a pessoa procura.

Portanto, é fundamental que antes de qualquer coisa a pessoa busque por ajuda profissional nesse sentido para que consiga ter melhores resultados na combinação de alimentos + exercício.

Conte aqui então o que você achou deste conteúdo e compartilhe-o com outras pessoas que possuem dúvidas sobre isso.